A liderança de Jesus - Recrutamento e Seleção

 Recrutar, selecionar e contratar os melhores profissionais do planeta não vai resolver os problemas de sua empresa se esses (agora) colaboradores não estiverem alocadas nos lugares certos e com as motivações corretas. Contratar o melhor engenheiro de games do mercado e colocá-lo para gerenciar a equipe não é garantia de sucesso, pois quem garante que ele é um líder, que sabe trabalhar em equipe, ou que tenha empatia com as pessoas? Mesmo que contratemos os melhores, o nosso problema não está resolvido. É necessário que suas funções na empresa possibilite à esses, exercer tais competências. Daí a necessidade de estreita ligação entre RH e a gerência operacional.
 Um gestor que não tem empatia, trará resultados, isso é indiscutível, mas quais são os custos para o negócio? E para as pessoas? Conhece uma empresa boa com ticket, vale compras, participação nos resultados, plano de saúde e muito mais, porém não para ninguém nesse grupo? Os colaboradores sempre querem ir para a concorrente, que tem os salários parecidos, plano de carreia idêntico, benefício também, mas que tem outra cultura na gestão de pessoas. A pessoa até ganha um pouco menos, mas tem mais liberdade e auto estima valorizada.
 Eu mesmo já pedi pra sair de uma empresa cuja os gestores não respeitavam os colaboradores das áreas operacionais e fui para o concorrente, para fazer a mesma coisa e ganhar 20% a menos de salário. Troquei um cargo de supervisão por outro operacional, simplesmente pelo ambiente de trabalho. E em 18 meses lá estava novamente em um cargo de supervisão.

 # Leia também: Melhorando os relacionamentos.

 Imagina a situação de Jesus Cristo:

 Jesus foi o maior Mestre que já pisou nessa terra, precisamos aprender com ele. Essa os RH´s do mundo todo ainda não conseguiram nem chegar perto. É o sonho do Google, do Facebook, Microsoft, Twitter e todas as gigantes planetárias da comunicação.

 Como influenciar o mundo inteiro por 2.000 anos contratando apenas 12 pessoas?

 Jesus tem a resposta.
Selecionar pessoas simples, com algum conhecimento, mas que estivessem dispostas a aprender novas ideias, e se preciso fosse, deixar tudo para seguir um líder inspirador. Posteriormente esses colaboradores ficaram tão apaixonados pela ideia do líder, que desejaram morrer a negar aquela causa.
 Como encontrar e contratar essas pessoas?
 Primeira coisa, não despreze o marketing, pois até Deus utilizou-se dele. Você pode se perguntar, mas como isso? Lhe explico.
 Há mais de quatro mil anos circulava na Palestina profecias de que Deus enviaria um Messias, essa mensagem rodou o mundo todo de boca em boca e nos escritos dos templos e cartas. Seis meses antes de Jesus iniciar seu ministério, Deus enviou João Batista para fazer a propaganda.
 Se eu te perguntar quais as três empresas que você deseja trabalhar, certamente duas delas serão empresas que aparecem em propagandas de TV, outdoors ou patrocinando grandes atletas. Geralmente essas empresas tem excelentes profissionais, não é atoa que estão onde estão.
 No caso de Jesus, o marketing que João Batista fazia também deu certo, pois João era apoiado pelo povo e criticado pelos escribas e fariseus (ninguém agrada a todos) e foi justamente nessa parcela da população que o Messias selecionou e recrutou seus discípulos.
 Após o batismo, Jesus foi para o deserto ser tentado, enquanto que João continuava a batizar pessoas e anunciar que o Emanuel (Immanuel - Deus dentro do barro ou Deus conosco) estava próximo de chegar. 
 No dia seguinte à Jesus voltar do deserto João estava com dois de seus discípulos e viu Ele passando e disse: "Vejam! É o Cordeiro de Deus!"
 Os dois discípulos de João o abandonaram e seguiram o Mestre.
Resumindo:
Não despreze o marketing, estreite o relacionamento com o RH, contrate pessoas que ainda desejam aprender e o mais importante, SEJA um líder inspirador, alguém que vê o presente, mas não tira os olhos do futuro.
"Entrego-me à minha causa com paixão, sabendo que a paixão é o poder que cria nova vida, novas alegrias e novas realizações para mim e para os outros." Laurie B. Jones

 Sinceramente ainda não entendo as pessoas que podem seguir à Cristo, mas continuam seguindo João, Maria, Sebastião, Lucas, José, Jorge ou quaisquer outros que não seja Jesus Cristo. Esses homens abandonaram João Batista imediatamente após tomarem conhecimento de quem era o Ungido de Deus.
 Quando ficamos sabendo de uma coisa boa logo queremos que as pessoas que amamos também participem disso e André logo que pôde disse a Pedro: "Achamos o Messias".
 No dia seguinte Jesus estava indo para a Galileia, quando encontrou Felipe e disse-lhe: "Siga-me". Felipe encontrou Natanael e lhe disse: "Achamos aquele sobre quem Moisés escreveu na Lei, e a respeito de quem os profetas também escreveram (Olha quanto marketing): Jesus de Nazaré, filho de José".
 Por que será que ele não disse filho de Maria, ou ainda filho de José e Maria? Link da resposta.
 A resposta de Natanael foi uma pergunta: "Nazaré? Pode vir alguma coisa boa de lá?". As pessoas sempre tiveram e terão preconceitos contra o desconhecido, seja de locais específicos da cidade (ex: 'todas as pessoas da favela são usuários de drogas ou ladrões'). Seja da cor da pele (ex: 'os brancos são racistas'). Da religião das pessoas (ex: 'os anglicanos são metidos'). Certamente da cidade ou país (ex: 'as pessoas do Texas são grosseiras' ou quem sabe: 'os iraquianos são todos violentos'). Certamente são preconceitos baseados em coisas que ouvimos falar, reais, mas que não está em todas as pessoas daquele lugar. Trabalho com evangelismo em favelas e sei que tem muitos usuários de drogas, assassinos e ladrões, mas a maioria dos moradores são pessoas de bem e trabalhadores. Já evangelizei indígenas na Amazônia e há entre eles ladrões e usuários de drogas também, igualmente em qualquer sociedade moderna, se tem uma coisa que foi globalizada são as drogas.

 # Indicado para você: Liderando para o crescimento.

 Felipe não ligou muito para o preconceito de Natanael, mas ele disse: "Venha e veja". Não deixe o preconceito te paralisar, mostre as pessoas quem você é. Já sofri muito preconceito, pois sou latino e trabalhei em duas empresas americanas do ramo de petróleo, mas venci os preconceitos e mostrei o meu trabalho e minhas habilidades.
 Natanael foi ao encontro do Cristo e ficou impressionado com o que viu e ouviu d'Ele.
 Disse Jesus Cristo: "Digo-lhes a verdade: Vocês verão o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem".
 Seguir a Jesus vai lhe dar muitas experiências, mas nenhuma delas será maior do que ver o céu se abrindo e os anjos descendo para operar maravilhas nas vidas das pessoas. Transformar o viciado em drogas em obreiro da casa de Deus, o macumbeiro e discípulo de Cristo, a prostituta em louvorista do Eterno. Famílias que não tinham mais solução, que caminhavam para o divórcio, restauradas com o poder de Jesus Cristo.
 Ele continua recrutando, selecionando e contratando novos discípulos, o convite está aberto para você.
 Disse Jesus: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei". Mt 11:28
                   "Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens". Mt 4:19

 Todas as suas cargas serão carregadas por Ele. O mundo contrata os melhores, os mais fortes, mais rápidos, mais capazes, mais inteligentes, mas Jesus não. Ele chama os incapacitados, os desiludidos, vencidos, cansados, sobrecarregados, derrotados, depressivos, são esses que Jesus quer, pessoas que ninguém mais acredita, Cristo quer investir nelas para fazê-las igual a Ele, pescadores de homens. Se você seguir Jesus será um pescador de almas.

 # Não deixe de ler: Tenha uma vida abundante!

Twitter: @Klaifer





https://br.linkedin.com/in/klai-ferreira-lider

https://www.facebook.com/liderefoco/

Postagens mais visitadas deste blog

Edificando uma família

O vento

Edificando uma família - O casamento